Busca no site 
 NOTÍCIAS
 
Roda de conversa discutiu “Psicologia no SUAS e no Código de Ética da profissão”
 
Postado em 17/5/2017

O exercício ético da Psicologia no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) foi tema da roda de conversa promovida na terça-feira, 16/5, pelo Conselho Regional de Psicologia – Minas Gerais (CRP-MG), em Belo Horizonte.

Teve destaque a participação de profissionais de vários municípios, como Igarapé, Juatuba, Betim, Ribeirão das Neves e Presidente Bernardes, mostrando a relevância do tema.

A psicóloga e colaboradora da Comissão Psicologia e Política de Assistência Social do CRP-MG, Deborah Akerman, relatou que desde 2011 a Comissão se reúne sistematicamente e promove ações relacionadas à inserção da Psicologia no SUAS. Deborah também apresentou um conjunto de questões que têm sido encaminhadas à Comissão e têm implicações com o Código de Ética da profissão. Essas questões estão relacionadas, principalmente, à ausência de condições adequadas para que os atendimentos ocorram com o sigilo necessário; número de famílias atendidas por psicóloga(o); interdisciplinaridade na atuação do SUAS; e a “desprofissionalização”, que ganha destaque com o Programa Criança Feliz e a previsão de que profissionais de Ensino Médio realizem atividades que deveriam ser desempenhadas por quem tem formação de nível superior.

O conselheiro e presidente da Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP-MG, Felipe Tameirão, explicou que a autarquia tem discutido formas de se realizar orientações e fiscalizações que resultem em contatos formais com os gestores públicos. A proposta é que quando houver necessidade de mudanças, a cobrança não seja endereçada exclusivamente às(aos) profissionais de Psicologia, mas também aos responsáveis pela organização e oferta das políticas públicas. Nesse sentido, ainda que tenham ocorrido muitos ajustes, o Código de Ética ainda é norteado pelo exercício da Psicologia como profissão liberal, o que apresenta alguns entraves quando se considera o contexto das políticas públicas.

As psicólogas Alessandra Belmonte e Luanda Queiroga representaram o Sindicato das(os) Psicólogas(os) de Minas Gerais (PSind) na roda de conversa. Elas explicaram que uma nova gestão assumiu o Sindicato recentemente e o intuito é promover uma aproximação com a categoria e mapear as questões relacionadas a condições de trabalho no SUAS.

As(os) participantes da Roda de Conversa apresentaram dúvidas e considerações de várias ordens, como as discrepâncias de remuneração entre municípios, a necessidade de capacitação para atuar nas políticas públicas de assistência social, as dificuldades de se encontrar referências teóricas e metodológicas próprias da Psicologia no SUAS, entre outras.

Próximos passos - Deborah Akerman explicou que a Comissão Psicologia e Política de Assistência Social está organizando um ciclo de eventos para discutir a interface entre a Psicologia e o SUAS em todas as subsedes do CRP-MG. O calendário dos eventos será divulgado em breve no site e na página do Conselho no Facebook.

Deborah também convidou todas(os) a participarem da próxima reunião da Comissão Psicologia e Política de Assistência Social, que será realizada no dia 9/6, às 16 horas, na sede do CRP-MG: Rua Timbiras, 1.532, 6º andar, Belo Horizonte/MG.

Em Teófilo Otoni, o Grupo de Trabalho Psicologia e Política de Assistência Social se reunirá no dia 26/5, às 13 horas.